Home » » COMI O CU DELE

COMI O CU DELE

COMI O CUZINHO DO MEU MARIDO 



Há alguns anos, eu venho fazendo fio terra no meu marido, começou com umas lambidinhas no saco, aí fui descendo minha língua até chegar no cuzinho dele, e ele gemia de tesão, percebi que aquilo me excitava muito, nem sei explicar porque, sempre gostei de fazer boquete, não é só pra satisfazer meu parceiro não, gosto mesmo de sentir a pica na minha boca latejando, dura, engolir tudinho até chegar na minha garganta, meu marido sempre foi viciado nos meus boquetes, fala que eu sou profissional, que nunca ele procuraria outra mulher, porque sou imbatível na gulosa, que deixo ele louco e etc....
Daí comecei comer o cú dele com a língua, depois passei a enfiar o dedo, e percebia que cada vez ele ficava mais excitado e eu também, procurei pesquisar a respeito pra saber se ele é viado, mais pra minha surpresa descobri que é muito comum um homem sentir prazer no ânus, pois fica próximo da próstata, e é considerado o ponto G do homem, o homem que gosta de fio terra, não é necessariamente viado, fiquei mais tranquila ao saber, mais ainda há muito preconceito a respeito disso, existem homens que acham que vão virar viado se deixar alguém mexer em sua bunda, é preciso ter a mente muito aberta pra aceitar, e os que ainda não experimentaram essa sensação, não sabe o que está perdendo....
Comecei a fantasiar, que eu comia ele de verdade, como seria a sensação de comer alguém, estar no comando da foda, sentindo entrar e sair, ver ele de quatro, comecei a me masturbar só pensando nessa situação.
Um dia depois de transarmos deliciosamente, começamos a conversar na cama, eu disse a ele: Você gosta do meu boquete e ele disse: claro que sim, você sabe que eu sou louco pela sua boca, daí continuei, e da minha línguinha no seu cuzinho você gosta, e ele, lógico amor, se eu não gostasse eu nem deixaria você por a boca lá...
Aí eu falei, sabe qual é o meu desejo, minha fantasia, ele respondeu: fala meu tesão, que eu realizo,continuei
eu queria comer seu cú de verdade! Aí ele deu uma risadinha e disse: Mas você já come direto com a língua e o dedo...
Prossegui, dizendo: Ah não é a mesma coisa queria te pegar de quatro, controlar a foda, sentir como é ser homem e te foder pra valer.... Ele continuou rindo e disse quem sabe um dia a gente não dá um jeito.
Percebi que ele também gostou da idéia, e resolvi, vou comprar um consolo daqueles que as lésbicas usam que vem com aquela cinta na cintura pra comer uma a outra. Fui ao sex shop e comprei, foi bem caro, mais eu estava decidida, a come-lo de qualquer jeito. Guardei na minha gaveta de calcinhas, e não falei nada pra ele, queria fazer uma surpresa. Um dia a gente tava cheio de tesão, ele me acordou com a mão na minha buceta, durmo sem calcinha só de camisola transparente, me virou de barriga pra cima, já veio todo tesudo me chupando gostoso, mais que língua tem esse homem.... Eu gemia bem alto, ai que delícia, uma língua bem quente, lambia meu grelhinho e eu delirava de prazer, e ele falava geme gostosa, putinha do pai, tesuda, como eu adoro essa buceta.... e eu enlouquecida de tesão
rebolava, gritava até que logo gozei bem gostoso.... E ele sugava cada caldinho que escorria, e veio pra cima de mim
me beijando, dizendo: sente o gostinho da sua bucetinha na minha boca, sente, e enfiava a língua na minha boca num beijo alucinante, eu pensei é hoje, ele tá super tarado, vou comer o cú dele hoje. Levantei e disse: Já volto delícia, tenho uma surpresinha pra você, ele todo bobo pensou que era alguma lingerie nova, eu tô sempre comprando porque
ele adora me ver de lingerie, e disse : tá bom gostosa, eu espero, mais vem logo, eu quero te foder todinha hoje....
Fui até a minha gaveta, peguei o caralho, fui no banheiro, coloquei, depois pus a camisola por cima, pra ele não ver e tampei com as mãos, cheguei até a cama sorrindo, e ele sem entender nada disse: o que você tá escondendo aí, passou mel na xaninha pra mim chupar de novo, e eu me deitei de bruços no pé da cama e já fui abrindo as pernas dele, pegando o seu pau que estava meio mole e comecei a fazer aquilo que mais sei, chupar aquela pica, que logo foi endurecendo dentro da minha boca, que maravilha sentir aquele pau inchando, latejando de tesão, e ele como sempre gemia, levantava o quadril, me falava um monte de putarias que me deixava louca, e ele sem ver que eu estava com a pica lá pronta pra ser usada. Comecei a lamber as bolas do saco, quando é assim ele já sabe que vou chegar no cuzinho aí ele arreganha as pernas, colocando uma das pernas na parede, deixando o cú bem exposto, adoro quando ele faz isso.... Meti a língua naquele rabinho gostoso, lambendo, enfiando a língua, e ele delirava de prazer, falando: Come meu cú, minha putinha gostosa, come, tesuda, ai que tesão! E eu num impulso falei: Fica de quatro, fica tesudo, hoje eu vou te comer bem gostoso, ele rapidamente obedeceu, pensando que eu fosse lamber e enfiar o dedo nele nessa posição, e quando eu vi aquele cú empinado, aberto pra mim, enlouqueci, cuspi no meu dedo e lambuzei bem o rabo dele, que estava louco, rebolando, gemendo, de repente comecei a encaixar a pica nele, ele olhou pra trás e disse meio assustado: o que é isso, eu falei: lembra que eu disse que um dia eu ia te comer de verdade, esse dia chegou.... Ele meio engasgado disse: Não é muito grande não né, vê se não vai me arrombar.... e eu: Calma meu amor você acha que eu vou machucar meu cuzinho gostoso, relaxa e aproveita se doer eu juro que paro....
Ele forçou a bunda pra trás, e eu lambuzei mais uma vez seu cú e comecei a enfiar bem devagarinho, só a cabecinha do caralho, e dizia: tá gostoso, meu puto, esse pau no seu cú.... e ele: Ai que delícia, fode gostoso!!
Aquilo me deixou tão excitada, aquela situação, ele gemendo, rebolando, eu tive uma onda de prazer que corria todo meu corpo, nunca tinha sentido um tesão tão grande.... Logo aquela pica já tinha entrado todinha, e ele com uma das mãos batia uma punheta, não demorou muito e ele gozou, como nunca, gritou como louco, falando que gozada gostosa, que mulher tesuda eu tenho..... Nos deitamos e ficamos ali um tempo, pensando em tudo que tinha acontecido, e eu disse: E aí como foi a sensação de ser comido pela sua mulher.... e ele: sem palavras, nunca pensei que pudesse sentir algo assim em toda minha vida.... nos beijamos apaixonadamente.
Desde então não usei de novo a pica nele, vou esperar ele pedir pra mim come-lo todinho, não vejo a hora....
Espero que tenham gostado, comentem por favor, só de escrever eu tô toda molhadinha..... Bjinhos!!!
 
Support : Copyright © 2015. gentle forest - All Rights Reserved