Home » » Desvendamos o esperma....

Desvendamos o esperma....

Que porra é essa?




O sêmen faz jorrar discussões pessoais. Há aquelas que se incomodam terrivelmente com qualquer contato e querem, na medida do possível, manter distância. De outro lado estão as que exibem uma incrível intimidade com o assunto, como a roteirista A.. "Quando eu era adolescente, é claro que achava nojento quando algum namoradinho espirrava em mim. Mas o tempo passa e você vê que certas coisas são inevitáveis e que, dependendo da sua abertura, podem até se transformar em assunto de interesse", diz.



Não que A. seja uma espermomaníaca, mas ela garante que está muito longe de se intrigar com a viscosa presença da substância, como acontece com sua colega de trabalho F. "Ainda hoje, quando acabo de transar, principalmente se não tiver usado camisinha, não sossego enquanto não for para o banho. No sexo oral, gozar na boca, nunca! Fico até arrepiada de pensar", conta. "Sou fresquérrima", assume.
Anabela, por sua vez, já gozou inclusive algumas experiências gustativas e arrisca teorias. "Não dá pra dizer que é saboroso porque aí já é forçar uma barra. Na maioria dos casos, tem gosto de água sanitária e fica penicando na língua. Mas com alguma experiência, você percebe até que o paladar muda de homem pra homem", garante.


O sabor do esperma
A ciência tenta comprovar os experimentos da roteirista, segundo o que afirma a sexóloga Margareth Labate. "Existem alguns estudos que dizem que o gosto do esperma se altera de acordo com o que se come. É, na verdade, o mesmo princípio que também modifica a composição do leite materno. De acordo com essas pesquisas, o sêmen de quem ingere comidas muito condimentadas ou fuma e bebe, é mais amargo. De toda maneira, ainda não há nada muito desenvolvido sobre esse assunto", comenta.



A sério ou não, o fato é que o escritório de patentes dos Estados Unidos tem registrada uma fórmula de complemento alimentar supostamente capaz de levar o organismo a produzir um esperma, digamos, mais saboroso. O complemento consiste em uma mistura de frutas liofilizadas, vegetais e temperos e pode ser preparado como bebida, tablete, goma de mascar ou cápsula. Os testes feitos pelos responsáveis pela patente com 27 casais indicaram, entre outras conclusões, que gengibre, canela, noz-moscada e uma combinação de banana, morango e aipo tiveram efeito neutralizante no gosto amargo da ejaculação. Segundo esse pessoal, o efeito pode ser sentido 24 horas após a ingestão do composto.

Outra variação comum está na textura. Segundo o sexólogo Hélio Felippe, isso ocorre sobretudo em função de questões de formação orgânica. "Um fator determinante para a textura é o número de canais seminais do organismo do homem. Quanto mais canais, mais espessofica o líquido. A frequência das ejaculações influi bastante, já que há um armazenamento da substância que vai ficando mais densa em proporção à sua produção", explica ele.



Assim, não é de se espantar que algumas mulheres contem com uma empírica análise clínica como aliada para denunciar certos comportamentos masculinos. "Outro dia mesmo ouvi uma paciente suspeitando de que o marido tinha uma amante, pela quantidade da ejaculação dele. Segundo ela, ele vinha apresentando um volume de esperma menor do que o habitual e ela supunha que isso se devia a relações sexuais que ele poderia estar mantendo fora do casamento. Na verdade, isso é até possível. Mas existem outros muitos fatores que podem estar acarretando isso como medicação, estresse, alimentação e mesmo masturbação", alivia o Dr. Hélio.

Onde é produzido
Cerca de 70% do esperma é produzido numa glândula chamada vesícula seminal, que fica entre a bexiga e o pênis. Os 30% restantes são de responsabilidade da próstata, outra glândula vizinha. A primeira despeja um líquido mais fluido e a segunda entra com o tom esbranquiçado. Apenas 1% da composição do líquido são espermatozóides- cerca de 100 milhões deles por mililitro de sêmen. O que sobra são líquidos excipientes, ricos principalmente em zinco.



Sexo seguro
Como objeto de utilidade prática, o esperma só serve mesmo como inseminador. Nisso ele é realmente imbatível e, portanto, é bom ter cuidado com algumas brincadeiras se o objetivo final não for um bebê. "É por isso que a prática do coito interrompido é perigosa. Qualquer gotícula de sêmen que entrar em contato com a vagina pode, mesmo que com poucas chances, resultar numa fecundação", alerta a sexóloga Margarth Labate.


Entretanto, expostos ao ar, na superfície da pele, emgolidos ou depositados em qualquer lugar que não seja uma vagina, o tempo de vida deles é muito curto, poucos segundos. "Isso, no entanto, não impede que, mesmo com espermatozóides mortos, o esperma não tenha a possibilidade de contaminar o organismo com algumas DSTs, devido às substâncias existentes no fluido seminal", completa o Dr. Hélio Felippe.


Visite nosso TUMBLR e conheça nossos desejos e fantasias em fotos altamente sexy:










 
Support : Copyright © 2015. gentle forest - All Rights Reserved