Sexo quente  e louco


Eu já suando e tremendo de tanto tezão, tirei meu pau de sua boquinha, e rapidamente, tratei de me livrar de minhas roupas, e tasquei lhe um longo e suculento beijo, nossas linguas se entrelaçavam, que até pareciam que iam dar um nó, minha dor de dente, sumiu por completo, tirei seu jaleco, tratei de tirar seu sutian, seus peitinhos lindos e durinhos ficaram a vista, e logo foram abocanhados pela minha boca sedenta, chupei os com tanta vontade, que ela sussurrava de prazer, aqueles biquinhos durinhos era a coisa mais deliciosa do mundo, logo tratei então de livrar de sua saia, abaixei  lhe a saia, a deixando só de calcinha, humm deliciosa  que visão fantástica, uma minúcula calcinha rosa, que de tão pequenina, desaparecia no meio daquele rego gostoso, desci bem devagarinho sua calcinha contemplando todo aquele monumento,ao me deparar com sua bucetinha linda, meu pau que ja era enorme,ficou maior ainda, nossa que xana espetacular, aquela pequena moitinha de cabelo em cima daquela buceta deliciosa, era a imagem que deixaria qualquer homem tremendo de tezao, nao me contive, tratei logo de sentir o gostinho daquela vulva deliciosa,coloquei-a deitada sobre a cadeira , mandei abrir as pernas, ela obedecia, a gemia baixinho, dei um beijinho em sua xaninha cheirosa, e taquei a lingua naquel gruta humidá e quentinha, ela quase caiu da cadeira de tanto tezão, grelinho que antes tava meio escondidinho, começou a saltar pra fora, coloquei minha lingua sobre ele, e a japinha quase gozou em minha boca, chorava, gemia, xingava palavras desconexas, me chamava de safado, cachorro, negão tarado, e dizia: me fode  gostoso, me fode com essa lingua deliciosa,gostosooooooo…Humm que maravilha,  coloquei um dos dedos naquele cuzinho lindo e apertadinho, ela se retraiu, mas gostou, coloquei outro e mais outro, acabei colocando quartro dedos naquele rabo apertado, ela adorou.
Pedi a ela que ficasse de quatro, ela obedeceu, então coloquei meu mastro na entradinha de sua racha, ela implorava , gemia rebolava me pedindo pra ser enrrabada, e eu tava adorando ver ela doida pra ser fodida, brinquei mais alguns minutos,e então penetrei aquela racha, que ja tava toda melada , babando sedenta por uma vara coloquei meus 23 cm dentro daquela buceta gostosa, e fiquei naquele vai e vem delicioso por um bom tempo, e a japa gozou umas quatro vezes, e eu por fim tambem gozei, inundando aquela gruta quentinha com meu leitinho quentinho, ela amou, e abocanhou meu pintão sugando todo o resto de leite de sua cabeçorra inchada, eu nessas alturas nao mais sentia dor de dente, mas meu enorme cacete doía, mas doía de tanto prazer, por ter comido aquela japinha deliciosa…
 gozo lembrando daqueles momentos de prazer que ela me proporcionou…
 
Support : Copyright © 2015. gentle forest - All Rights Reserved