Home » » ESCRAVA DO SEXO MAIS FELIZ

ESCRAVA DO SEXO MAIS FELIZ



ESCRAVA    DO SEXO    MAIS  FELIZ

O que já estava a postos abre minha boceta com as maos e cai de boca...lambendo e chupando meu grelinho, metendo a lingua na minha xana. Meu dono tira a roupa e vem para mim com o pau duro, melado "chupa vadia" ele diz e mete o pau na minha boca enquanto seus dois amigos se divertem me escancarando as pernas, me lambendo, me beliscando o bico dos seios. Depois de um tempo ele sai da minha boca, tira minhas sandalias e chupa meu dedos, sinto sua lingua em meus pes e não demora muito pra que meu corpo estremeça num orgasmo poderoso e cheio de gemidos. Quando termino meu dono mete dois dedos na minha xana....tira eles melados e mete na minha boca pra que eu saiba o quanto sou vadia e o quanto eu gosto do que ele está fazendo comigo. Ele se senta e se masturba enquanto me ordena que eu chupe os outros dois

Ele assiste minha degradação e isso lhe dá prazer. Um de seus amigos me poe de quatro na mesa...olho pra ele para saber se está tudo bem, ele não se manifesta, e ainda se levanta para se juntar a eles...sei que vou ser fodida e esfolada....empino minha bunda e me preparo para receber o primeiro.....ele entra rapido, estocando com violência, me sinto rasgar, uma verdadeira potranca pronta pra ser currada por três garanhoes...o proximo vem.....eu gemo alto....rebolo....meu dono me segura pelo queixo e olha bem nos meus olhos me tomando a boca, cuspindo na minha boca. Quando ele se põe atrás de mim, ele é meu deus, meu sonho que se tornou realidade, sinto suas mãos me tocando, ele me bate na bunda, me gruda pelos cabelos me falando da puta, vagabunda que eu sou e me ordena que eu goze.
E eu gozo, gritando, gemendo de paixao e loucura, tremendo dos pes a cabeça, ele sai de mim, me puxa pelos cabelos, joga uma toalha no chao..me poe de joelhos... "voce vai beber a porra de cada um aqui hoje, minha putinha submissa, vai implorar pra que esses machos te encham a garganta de porra. Eu faço que sim com minha cabeça e começo por ele, chupo meu dono com vontade, lambo, engulo, tiro de volta, punheto, aperto a cabeça do pau dele, ele geme, me gruda pelos cabelos pra olhar o que eu estou fazendo, eu sinto ele chegar e abro minha boca pra sentir o jato quente na minha boca, no meu rosto, quando dou por mim os outros dois estao se masturbando olhando a cena....meu dono esfrega a porra na minha cara, bate o pau no meu rosto e quando termina, me força a chupar os outros dois juntos, não demora muito e logo vem mais jato de porra de ambos os lados, tento engolir o que posso, fico aqui, melada de esperma
Meu dono me manda manter a posição "quer ver como essa puta faz tudo o que eu mando" ele diz...e me manda abrir a boca e beber.......e ele mija na minha boca....é claro que eu não posso com tudo mas bebo tudo o que me é possivel. Fico ali, esporrada, mijada, com meu vestido desgrenhado, entregue, humilhada. Os dois moços se vestem e eu os vejo dando dinheiro a meu dono e então caio em mim, eu fui prostituída. Sei que ele fez isso porque sabia que eu ia gostar de me sentir assim. Sei que ele me quer muito bem. Quando os dois vão embora ele me manda levantar e limpar o chão e depois encontra-lo no banheiro. Eu vou e ele está me esperando em baixo do chuveiro, ele me lava, me ensaboa, devagar, cuida de mim, me abraça e depois ele põe a puta para dormir e libera a menininha, que irá se aninhar em seus braços, eu uma vadia   mais 

 feliz e realizada


CONTOS   RECEBIDOS  POR ANONIMOS  
PARA DOUTORAM DOUTORA DO PRAZER
 
Support : Copyright © 2015. gentle forest - All Rights Reserved